Movimento Futuro

Apoie

Quem somos

Nossa história

A Associação Movimento Futuro foi fundada em outubro de 2018, por Marco Gregori, Sofia Carvalho e Isabella Alchorne. Mas a nossa história começa bem antes.

Marco Gregori, empreendedor, CEO e fundador da EduInvest e da Rede ViaE, sonhava com uma escola privada que valorizasse o estudante como ser integral que é e, por isso, almejava uma escola que incluísse sonhos e a sociedade. Sofia Carvalho, imigrante em São Paulo e formada em Serviço Social, acredita que é possível construir um mundo melhor. Ambos se conheceram em 2015 e começaram a sonhar, como realizar seus sonhos na escola, com a Myrian Castello (que participou da implementação do primeiro projeto).

Assim, em junho de 2015, começou o embrião do projeto Movimento Futuro, criado com o objetivo de engajar estudantes, dentro das escolas, a sonhar para transformar o mundo. Este é composto de conhecimentos de diferentes áreas e iniciou o seu piloto Caminho do Futuro nas escolas da rede VIAe. O sonho era criar uma metodologia inovadora, divertida, tendo como inspiração a metodologia do Instituto Elos e do The Future Project, que proporcionasse o estudar e criar projetos integrando escola e sociedade.

O primeiro projeto piloto em escola pública, em 2016, foi fundamental para afinar a metodologia e escutar o que os estudantes queriam dentro da escola. Afinal, acreditava-se que o lugar onde mais se precisava deste tipo de projeto era na escola pública. 

O desafio da primeira escola pública foi como se esperava ser: cheio de adrenalina, medos, ansiedades, descobertas e, claro, sonhos! Os estudantes adoraram o projeto, deram mais ideias e quiseram continuar a sonhar. Por isso, nunca mais deixamos de sonhar com eles.

Com as experiências das escolas privadas e públicas se percebeu: o jogo Caminho do Futuro não é apenas para as escolas públicas. Ele é para todos os estudantes! Seja de escola pública ou privada, do ensino fundamental ou do ensino médio, porque precisamos de todos para transformar o mundo: precisamos de todos os conhecimentos, histórias de vida e territórios para transformar a educação em um lugar de articulação do conhecimento e intervenção comunitária, protagonizada pelos estudantes.

De 2015 a 2018, o Movimento Futuro mudou muito. De embrião passou a um projeto mais consistente e pronto para ser escalado e replicado. Foi aí que a Isabella entrou. Isabella é advogada e percebeu que para criar um mundo melhor era preciso ter uma educação de qualidade, assim deixou o Direito e abraçou a Pedagogia. Estava formado o time fundador da Associação Movimento Futuro. 

A história da fundação vale ser contada. A turma piloto de 2015 caminhou com o projeto e sabia do seu sonho de se tornar uma organização da sociedade civil. Assim, eles juntaram esse dinheiro numa caixinha de plástico com notas pequenas e muitas moedas e entregaram aos seus fundadores para criar a Associação. O senhor do cartório demorou para contar as moedas de todos os envolvidos na realização deste sonho para segurar a emoção.

Em 2018, o Movimento Futuro integrou a Rede Brasileira de Aprendizagem Solidária (atualmente nomeada como Rede Aprendizagem Inovação Solidária – Rais), que foi um marco importante, porque foi aqui que a Associação conseguiu concretizar pedagogicamente a sua metodologia e compreender a amplitude do seu trabalho no mundo. Aqui, compreendeu-se que o trabalho do Movimento Futuro era de aprendizagem solidária, ou seja, projetar sonhos e torná-los em realidade, era na verdade colocar ao serviço do mundo os conhecimentos que se aprendem na escola…isto é aprendizagem solidária.

Em 2019, o Movimento Futuro continuou conquistando escolas, aperfeiçoando a metodologia do Caminho do Futuro e espalhando para o mundo a ideia. Aí surgiu o convite que abriu mais perspectivas de trabalho para a Associação. Isabella e Sofia escreveram material didático para o PNLD no componente curricular Projeto de vida. Obviamente, todo o livro e percurso é baseado na metodologia do jogo. O livro está um pouco por todo o Brasil, nas escolas públicas!

Em 2020 tivemos a pandemia! Escolas fechadas significavam estar longe do propósito. Como intervir na comunidade se está tudo fechado? Como criar vínculos significativos virtualmente? Os dias de isolamento foram importantes para analisar e perceber que o Movimento Futuro precisava estar pronto para a reabertura das escolas, para cuidar do socioemocional dos estudantes depois do isolamento. Uma das formas encontradas para continuar atingindo o propósito foi avaliar o 1º Prêmio de Aprendizagem Solidária – experiências que transformam, uma vez que permitiu estar mais perto das atividades desenvolvidas em diversas escolas e organizações no Brasil.

O que aconteceu a seguir foi incrível. Nasceram mais projetos além do jogo! Então, a Associação investiu em formação de professores, afinal a experiência de sala de aula pode ser compartilhada. Surgiu o acompanhamento de professores à distância para que implementassem projetos de aprendizagem solidária nas suas escolas e comunidades. Chegou-se a várias cidades e trocou-se muito conhecimento …e vieram os prêmios.

Em 2022 continuamos a sonhar, sem desistir! Continuamos a escutar estudantes, professores e comunidade, para aperfeiçoar e aprender a fazer mais e melhor. E temos novos projetos e mais pessoas se juntando ao movimento.

Equipe

Sofia Carvalho

Arquiteta dos Sonhos

Isabella Alchorne

Arquiteta dos Sonhos

Jonas Melo

Arquiteto dos Sonhos

Julia Maria

Arquiteta dos Sonhos

+ 0
escolas impactadas
+ 0
alunos
+ 0
sonhos realizados
0
prêmios Arymax

1ºlugar

Desafio Arymax de Ativismo Social

Menção honrosa

Desafio Criativos da Escola

Identidade visual

Recomendados que para utilizar nossa marca em algum material deve-se seguir atentamente as regras contidas em nosso Manual de Identidade Visual. Em caso de dúvida entre em contato pelo e-mail marketing@movimentofuturo.org